Rishikesh, India 2019

O jogo da vida não foi criado para fracassar, mas sim para transcender

Neste último satsang da primeira semana da temporada em Rishikesh, Moojibaba traz claridade às questões que são levantadas.

As indicações de Mooji neutralizam algumas caraterísticas pessoais como o sentimento de culpa, pensar de forma complexa e não querer sair da norma. Moojibaba também enfatiza que esta vida é um jogo de transcendência, e que cometer erros é fundamental para que o crescimento aconteça.

No final do satsang, somos guiados de volta até à nossa perceção natural, à autoridade do nosso próprio Ser.

"Tens de descobrir qual é o propósito da observação. Eu diria que é reconhecer essa capacidade maravilhosa de simplemente observar sem apego as coisas da vida, ou até mesmo as próprias coisas que sentimos que nos são íntimas. E para muitas pessoas essa capacidade ainda não foi reconhecida ou exercitada. Esta observação é um dos exercícios mais profundos, e se o colocares em prática, ele começa imediatamente a dar frutos."

Música ao vivo antes do satsang: improvisação na cítara com Marc Planells.

Música ao vivo depois do satsang: "Grace" & "Higher" de Prem Leela. O álbum com música ao vivo de Prem Leela que inclui estas canções estará disponível em Março de 2019.