Rishikesh, India 2019

"Não precisamos de um caminho a percorrer — Guruji, é suficiente seguirmos os teus passos"

Quando uma pessoa que está a participar no satsang vai ao microfone dizer que está desiludida com o "nada", Moojibaba usa esta pergunta como um ponto crucial para embarcarmos numa introspeção profunda. Este é um dos ases por debaixo da manga da mente e é um ponto de viragem: será que vais despertar completamente para a Verdade de quem és ou vais voltar para trás, para a Terra do Nunca da mente?

"Estou muito feliz por termos tido esta conversa, pois ela vai ajudar milhares de pessoas que também sentem este tipo de medo. Tudo está aqui. Estás livre de uma ilusão — e esta ilusão manteve o mundo inteiro aprisionado no estado da identidade pessoal.

Vir a Rishikesh e ter tido este Satsang contigo é suficiente para mim."

Música depois do satsang: "Hume Raaston Ki Zarurat Nahi Hai" (bhajan tradicional) apresentada por Sevvy, Meera e Vikram