Rishikesh, India 2019

É a consciência que está enviando uma carta de amor à consciência

“O satsang de hoje é um satsang muito rico, se você o compreender. Este é o caminho que te leva para casa.”

Ainda que todas as orientações de Moojibaba tenham o poder de nos despertar para o nosso Ser verdadeiro, este satsang é uma jóia preciosa desta temporada de Satsang em Rishikesh. Moojiji recebe duas perguntas que vão diretamente ao encontro do próprio centro dos seus ensinamentos: a primeira, acerca de permanecer no Ser; e a segunda, acerca do auto-questionamento. O satsang termina com algo que deixa Moojibaba muito feliz: uma carta de alguém que está a acompanhar esta temporada e se encontra repousando naquilo que é o fruto do entendimento do que o mestre está apontando.

“É a consciência que está enviando uma carta de amor à consciência. Você chega ao reconhecimento que: ‘eu sou isto que está aqui’. Isto e aqui são a mesma coisa. E esse reconhecimento tem de explodir num entendimento vivo, em puro espírito. Você é a graça a fundir-se em si mesma. Você poderia viver numa caixa de fósforos mas a sua consciência é universal.

Contemple e marine neste entendimento.”

~

Música ao vivo depois do satsang: "Life Is a Kirtan" ("A vida é um 'kirtan'") de Mukti e Siddhartha, apresentada por Mukti, Siddhartha, Neo e Itay